domingo, 28 de fevereiro de 2016

Amantes


Insólitas evidências enigmática louvável.
Imóvel desejo irremediável e límpido.
Logos do destino traçado pela
pressuposta paixão trazida por Oxum.

Felicidade de um mundo fértil
Onde Phoenix brinca com Anhangá.
Instinto imprescindível, evidentemente e lícito.
Irreduzível momento único na vida.

Entre os acme me sinto abençoado por Ìbejì .
Plenitude fatalista claramente imprevisível.
Quanto tenho aos braços seu corpo
Leviatã fica de quatro de tanta harmonia.

Alegria alcançada na jornada dos deuses,
Em um simples encontro astral.
Parélio entre os carnais, na copulação dos amantes.
Pura fertilidade nítida e conjugal.


Mauro Henrique Soares Aniceto