quarta-feira, 9 de março de 2011

Sem versos













Não, não se trata disso ou aquilo, só não quero!
Não quero dividir esse momento com mais ninguém.
Sei que estou sendo egoísta, mas esse momento é nosso.
Não quero vê-lo esvaindo nesses versos.

Não, não se trata de me faltar palavras para escrever estrofes,
só não quero espalhar para o mundo o nosso momento poético.
Sei que os quatro ventos esperam novidades, mas a nossa intimidade,
essas não irei documentar em palavras.

Não, não é uma rebelião, é uma mera preservação.
O nosso amor não precisa ser relatado em poemas,
é muito mais gostoso consumi-lo na cama.
Não é sonho, é a mais pura dádiva da vida.

Não, não é uma rebelião, é a nossa comunhão.
Como disse: não quero dividir o nosso momento poético,
o nosso amor é nosso e de mais ninguém.
Só relato que te amo hoje e desde sempre.


Mauro Henrique Soares Aniceto
24/02/2011

4 comentários:

  1. Me faltam palavras bonitas para descrever o quanto me deixa feliz a dedicação que tem por mim.
    Repito as suas palavras,"Só relato que te amo hoje e desde sempre".
    Muito obrigada meu amor!

    ResponderExcluir
  2. Mauro meu querido, venho te agradecer os ricos comentários no meu blog, suas visitas me alegram muito.
    Hoje levo comigo um pouco deste AMOR com letras másculas, que fugindo a tua intenção aflora e contagia na inspiração.
    "Por isso sempre digo a melhor poesia é aquela sussurrada bem baixinha nos ouvidos do coração."

    Beijos no coração Inoema Jahnke.

    ResponderExcluir
  3. Fernanda Dottojunho 16, 2011

    gostei da originalidade e personalidade

    ResponderExcluir

O tempo é curto para tantas administrações, ou são muitas
administrações para pouco tempo? Não deixe nada que de para ser feito no agora para depois. Escolha ser feliz! #minhafaceseuretrato